segunda-feira, 14 de abril de 2014

Vivendo de besteiras verdadeiras.

Eu e Catarina moramos da mesma rua e estudávamos na mesma escola.
Catarina é minha amiga antes de eu aprender a ler. Se eu não a conhecesse a tanto tempo, não seria amiga dela hoje. Isso porque ela é uma das pessoas que mais falam besteiras nesse mundo. (Eu te amo, se você estiver lendo isso).
Vou te contar uma parte da minha vida, que tudo começou com uma besteira dela. 

Há 3 meses atrás...
"O que você fez???" "Te inscrevi num site de relacionamento." "Você quer que eu seja sequestrada??" "Não..." "Pode retirando meu perfil de lá sua louca" "Mas é o site mais seguro que existe. Já saiu em vários programas de televisão." " E daí?, eu não quero. Só falei que queria um namorado, não que estava encalhada." "Tecnicamente você está quase lá, então resolvi fazer isso antes que ficasse" taquei o travesseiro nela "Sua ridícula". Rimos. "Tudo bem, vou retirar seu perfil de lá"

Dois dias depois...
"Isabel, adivinhe?" "O que? ganhei 1 milhão na mega-sena?" "Não, claro que não. Até porque você nunca jogou" "Então o que foi?" "Você recebeu 10 eu disse DE-EZ respostas no site" "Que site? das faculdades da Inglaterra?" "Não, mas tão bom quanto." "Fala logo então." "No site de relacionamento!!!" "Mas você não tinha excluído??? " Eu disse que excluiria, mas esperei para ver se iria aparecer alguém." " Eu não quero ver nada disso, deve ser um bando de tarados..." "Ai, você é muito complexada" "Obrigada. Agora exclui!" "Grossa!" "Estúpida!" "Anti-social!" "Anti-social? então faz um perfil para você já que você é tão social" "Não preciso disso." "Ah não? pelo que eu estou vendo, só eu que estou com você aqui e não um garoto." "ai como você é chata! só vê as fotos e os perfis desses homens e depois exclui se quiser. Mas veja aqui antes porque eu estou curiosa"  " Tudo bem. Verei." Sentamos no sofá e começamos a olhar....
"Porque você deletou ele?" "Porque ele gosta de gatos e eu detesto gatos!" "É, não daria certo. E esse aqui?.."  "Não. Ele tem dois filhos e apesar de eu amar crianças, não sou madura o suficiente para aturar ex-mulher. O que esse botão faz? " "Exclui todos de uma vez." "Obrigada! Agora preciso terminar meu trabalho" Fui para a minha escrivaninha e abri a página do trabalho. Duas horas depois ouvi um barulho que vinha do site que tinha esquecido de fechar. Era a resposta de outro homem. Bem, a foto foi tirada de lado, ele estava de chapéu e óculos, sentado numa cadeira de hotel de frente para a piscina, sorrindo e parecia estar sem camisa. Tinha um sorriso bonito, mas não da para ver muita coisa. Eu não podia exigir muito já que a minha foto eu estava de costas, de frente para o mar numa posição de meditação e só aparecia  meu contorno, como se eu fosse uma sombra. 
O perfil dele dizia que gostava da natureza, mar, surfar, de ir a academia, de cozinhar, de viajar, de ficar em casa também, mas ele tinha 35 anos e uma filha adolescente... e eu tenho apenas 19 anos.
Fui contar para a Nina... " Para de ser preconceituosa, a idade não tem nada a ver." "Tudo bem, mas ele tem uma filha adolescente e imagina isso, o pai dela ficando com uma garota quase da idade dela?!Eu iria detestar" "Tudo bem, mas é ele quem deveria se importar com isso. Ele gosta de tudo que você gosta e você ama um surfista. Ele é bonito?" "Parece ser. Mesmo assim, eu já exclui" "Cabeçuda!" "Agora já foi"
Dois dias depois eu entrei no site e adivinhe? o cara estava lá de novo e dessa vez me deixou uma mensagem... "Estou muito interessado em te conhecer. No momento estou sem redes sociais, mas entre em contato comigo pelo e-mail se você também estiver interessada."
Fiquei olhando durante uns minutos e resolvi mandar um e-mail para ele "Oi, também estou interessada em te conhecer. Gostaria de saber o seu nome que não aparece pra mim." alguns segundos depois veio a resposta "Oi Isabel, meu nome é Carlo (sem s mesmo). Sei que você deve estar pensando sobre a minha idade e na verdade eu também estava pensando sobre a sua. Nunca me interessei por garotas mais novas, mas eu realmente fiquei interessado em você e em tudo que você escreveu no perfil. Gosta mesmo de praia e cachorros?". Respondi " Sim, eu fiquei com receio de falar com você por causa da sua idade. Na verdade quem colocou meu perfil aqui foi minha amiga porque eu não gosto muito disso. Enfim, eu amo praia e cachorros". Ele "Agradece a sua amiga por mim. Eu tenho dois cachorros labradores, a Lola e o Thor. E tudo que esta no perfil é verdade." Ele me enviou uma foto dele de costas, sentado na prancha em alto mar. "Nossa que foto linda. Já tentei surfar algumas vezes mas não deu muito certo. Eu tenho uma linda cachorrinha chamada Cloe, é uma Shih Tzu." Durante dois meses conversamos por e-mail. Ele me enviou algumas fotos dele na praia e outras com seu cachorro. Um dia ele perguntou se eu poderia me encontrar com ele no cinema e durante uma semana eu disse não e então ele disse que se fosse melhor, era para eu levar quantos amigos homens eu quisesse que ele não se importaria. Então, eu pedi para 2 amigos meus que fazem muay thai para irem comigo, eles chamaram outro amigo e fomos para o shopping . Não queria levar a Nina por medo mesmo.
Ele era muito mais bonito pessoalmente. Fique sentada em uma mesa com ele e meus amigos em outra mesa perto da minha. Conversamos e cada vez mais fiquei encantada com ele. 
"Nossa, você é muito linda. Não entendi porque tinha vergonha de mostrar seu rosto" ele sorriu, e que sorriso incrível. "Você é muito bonito também e tem um sorriso lindo" "Obrigada." Ele sorriu de novo. Fomos para o cinema e os meus amigos ficaram do meu lado. Como sempre, esqueci o casaco e estava congelando. "Quer meu blusão, eu estou com uma blusa por baixo" "Não obrigada. Estou bem." minha perna começou a tremer e ele riu, tirou o blusão e colocou em cima das minhas costas, não resisti e vesti. Estava realmente muito frio. Vimos um filme de comédia e rimos muito. Ele não tentou nada, nem segurar minha mão. Só encostou na minha mão quando sem querer pegamos a pipoca ao mesmo tempo. No final do filme perguntei se ele podia tirar uma foto comigo e ele aceitou (Apesar de ele ser um cara lindo e com um papo incrível ainda estava com receios). Pedi para o meu amigo tirar a foto e então saímos. Na despedida ele me abraçou e me deu um beijo demorado na bochecha que me fez arrepiar.
Quando cheguei em casa (meus amigos me levaram até a porta), Nina estava me esperando. "Como foi? Como ele era?..." "Espera. Só o meu pai sabe, minha mãe ainda não, ela enlouqueceria. Vamos para o meu quarto e eu te conto tudo." "Seu pai sabe a idade dele e que você o conheceu na internet?" "Não, mas sabe que eu iria me encontrar com um garoto" 'Enfim, me conta tudo" "Bem, ele é muuuuito gato. Tem aquela barba cerrada e curta. Tem uma voz encantadora e um sorriso.... nossa que sorriso é aquele. E na despedida?, que mão e beijo foi aquele!" "O que? ele te beijou?" Não, só na bochecha, mas me causou arrepios. Não sei se foi um beijo ou a sua mão nas minhas costas" "Tinha pegada?" "Sim. Tinha" "Nossa! Qual a cor dos olhos dele? já que ele vive de óculos" "Verde mel. Lindo. Espera, eu tirei uma foto com ele no meu celular" "Sério? escondido?" "Não, eu pedi para o Pedro tirar. Ah, acabou de descarregar." "Coloque na tomada que daqui a pouco eu vejo. Me conte o resto. O que ele falou de você?" "Falou que eu era linda. Ah e descobrir que a filha dele tem 16 anos" "Nossa, bem perto da gente. Enfim, não esquente com isso, Adoraria te ter como madrasta. Mais o que ele disse? " "No meio do filme ele disse 'Espero que possamos repetir esse dia' Com aqueeela voz dele. Eu apenas sorri porque fiquei com medo de ter entendido errado." Ela riu. Liguei meu celular e ele fez barulho de mensagem "Ele me mandou um e-mail" "Abri e lê em voz alta" " Vou ler 'Isa, adorei passar o dia com você hoje. Você é uma garota incrível e linda. Espero que tenha gostado de mim para repetirmos esse dia. Beijão' Gente, ele é um lindo mesmo" "Pois é e você querendo excluir o perfil que euzinha criou né." "Queria mesmo. Estava com medo e ainda estou, só estou aproveitado o momento. " "Ta agora deixa eu ver a foto" coloquei na foto e dei o celular para ela. "AI. MEU. DEUS. " "Ele é lindo né?!" "NÃO!" "Não? Como assim não ?" "Porque ele é o MEU PAI!" "O que? seu pai? Claro que não. Para de ser louca." "É ele sim, é o meu pai." "Eu já fi uma foto do seu pai e ele é gordinho" "Era. Faz alguns anos que não é mais." "Mas o nome dele não é João?!" "É, João Carlo. Como eu não me toquei nisso antes... Ei, eu não tenho 16 anos... e você vai ser a minha... madrasta??? "Não serei a sua madrasta coisa nenhuma. Tem certeza que ele é seu pai?" "Tenho. Vou te mostrar...." Ela abriu o notebook, foi na galeria e me mostrou um vídeo dele desejando parabéns a ela em alto mar. "Ele me mandou esse vídeo no meu aniversário do ano passado. Devo ter esquecido de te mostrar" "Nossa. Preciso terminar com isso logo. Sabia que não era uma boa ideia. Sabia." "Calma amiga, está estranho porque descobrimos agora, mas pelo menos sabemos que ele não é tarado e não vai te matar" "Eu sei, mas é muito estranho. Tem certeza que não se importaria?" "Como eu disse, é apenas estanho agora, mas eu vou me acostumar... Madrasta!" Nós rimos. "Ta, mas como eu falo isso pra ele? 'olha, sou a melhor amiga da sua filha e provavelmente você me pegou no colo também' " Nina gargalhou, o que me fez rir. "A parte do colo podemos retirar, até porque meu pai tinha medo de pegar bebês no colo. Afinal, ele só tinha 17 anos quando me teve" "Então, eu falo o que?" "Espera. Vou fazer uma coisa." Nina chamou o pai dela em vídeo e ele atendeu. "Oi pai, quanto tempo." "Oi filha, o que foi, aconteceu alguma coisa?" "Não, só queria saber como você está... como foi seu dia?" "Foi bom e o seu?" "Bem também." "Quando vamos nos ver?" "Em breve filha, to pensando em ir ai, passar uns dias na sua cidade. O que acha?" "Eu iria adorar, mas é a trabalho? " "Não, estou tentando marcar férias para a próxima semana  e ainda não entreguei seus presentes da última viagem que fiz... " "Ah pai, vem sim. Estou com muitas saudades" "Também estou... olha, conheci uma... moça da sua cidade..." " Hmmm ..." "Que foi?" "Na verdade eu já sabia" "Sabia? como assim? me viu hoje? " 'Não pai, é porque ela é minha melhor amiga." "Sua o que?" "Minha melhor amiga. Acabamos de descobrir também... " "Como assim?" "Vem cá Isa." Eu apareci na câmera e ele riu de nervoso. "Não estou acreditando" "Nem nós duas pai." "Olha Carlo, eu não fazia ideia mesmo" "Não... tudo bem Isabel. Tudo bem. Ninguém fazia ideia. " "Desculpas por isso." "Não precisa pedir desculpas.. vocês se conhecem desde quando?" "Desde bebês" "Como eu não vi nenhuma foto de vocês juntas?" "João, você não tem redes sociais e não se interessa em ver minhas fotos pelo visto." "Você é dramática que nem sua mãe" "Concordo." Nós rimos. "Ei, agora é complô contra mim? Se continuar assim, não vou apoiar o namoro de vocês" Nós dois ficamos sem fala e envergonhados. Aliás, eu tenho 18 anos ta, papai." "Eu sei disso. Eu só confundo as vezes." "Tudo bem, vou comer algo. Já volto." Nina saiu do quarto e nos deixou a sós. "Olha, se você não quiser continuar falando comigo, eu entendo... se já era estranho eu ser mais nova imagine agora eu ser amiga da sua filha." ele sorriu. "Realmente é estranho, mas eu continuo te achando incrível e linda." "Ah, obrigada." "E agora, ainda tem medo de mim?" Eu sorri sem graça. "Não tinha medo, só um receio." " Você está certa em ficar assim... e então, podemos sair outra vez?" "Se você quiser, eu aceito" "Podemos ir ao cinema de novo ou a um restaurante, o que preferir." "Prefiro que você decida os lugares." Nina voltou. "E ai, já se entenderam?. Pelo rosto de vocês, ouço sinos." "Isso Catarina, deixa sua amiga envergonhada." " João Carlo, conheço ela primeiro do que você, então tenho mais direitos. Aliás, cuide muito bem dela se não eu mesmo te mato!" "Também te amo filha. E pode deixar que vou cuidar muito bem dela, se ela permitir, é claro." Sorri envergonhada. "Quanta melação hein. E não se esqueça que ela é apenas uma menina, se é que me entende, então... cuidado para não ser morto pela sua filha" "Catarina!" arregalei os olhos para ela. "Já disse que cuidarei muito bem dela Catarina, e para de falar besteiras. Agora eu preciso ir meninas. Boa noite Isabel, tenha uma boa noite. Vá dormir Catarina, está na hora!" Nós rimos "HA HA muito engraçado vocês.Já estou contra" Ele riu e desligou. 
"E ai, estou aprovada para sair com o seu pai ?" "Está, mas agora vai ter que me bajular para eu ser uma boa enteada, se não, vou tocar o terror!" taquei o travesseiro nela. "Deixa de ser louca, eu não vou te bajular, serei a MÁdrasta MUAHAHA" "Olha que eu entro numa crise de ciúmes e fico andando atrás de vocês que nem sombra e ainda quebro todo tipo de clima... se é que me entende" "Taquei outro travesseiro nela. "Nós ainda estamos nos conhecendo, não tem esse tipo de clima ainda" "Uhun, sei. E aquele arrepio era o que hein??!" "Para de falar besteiras!"

Pensando bem, eu gosto das besteiras que a Catarina faz ou fala. Ela me diverte muito com essa cabeça cheia de "caraminholas" e, me fez conhecer minha paixão ♥. 

Agora eu vou parar de escrever, porque vou na casa da minha futura enteada chata/encalhada (leia bem essa parte Catarina haha) e esperar o Carlo vir me buscar para irmos ao cinema, só EU e  ELE e depois á um restaurante. 

Beijão e até a próxima, se vocês quiserem. :)

6 comentários:

  1. Gostei bastante nao so do post mais como do blog.
    Ja estou seguindo

    http://www.vemcaju.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ju *-*
      Visitarei seu blog :))

      Xx.

      Excluir
  2. Amei amei a história *--*
    Estou ficando encantada com a sua habilidade de escrever textos lindos!!!
    Blog Larissa Mascarenhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai que tudo Larissa. Vem cá e me dê um braço *-* haha
      Muito obrigada ♥

      Xx.

      Excluir
  3. Ameei o texto ><, pode continuar fazendo mais assim ta ? beijoos flor!

    http://garotafashion111.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Seus textos são perfeitos ♥

    http://fala-vanessa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi, o que achou deste post? ...